Rodrigo Brand | [ Amor carioca / How to Love ]
16786
post-template-default,single,single-post,postid-16786,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-title-hidden,qode-child-theme-ver-1.0.0,qode-theme-ver-16.7,qode-theme-bridge,wpb-js-composer js-comp-ver-5.5.2,vc_responsive

[ Amor carioca / How to Love ]

 

Ela não sabia

Tão inocente a menina

Que o amor assim podia

De manhã, antes do café .

 

Sem maquiagem

De roupa suja

Ela não sabia

Que amar assim podia

À primeira luz do dia

Antes do sol sair do chão . 

 

A janela aberta

E a gente ali deitado

Um corpo no outro amarrado

Deixando o tempo passar .

 

Correr pra que?

Se devagar é mais gostoso

Se amar é puro gozo

Tolo é que não sabe

Que a soma de dois é muito mais .

 

Amor é filosofia

Matemática, geometria

É história, geografia

Amor… é a verdadeira religião .

 

Pois ela não sabia

Que amar assim trazia

Sem aviso todavia

Um sorriso no olhar . 

 

O corpo nu

Sem falsidades, sem mentiras

Transbordando alegria

A liberdade é afrodisíaca

Felicidade é amar . 

 

 

 

If she only knew

Love is not a burden

Love is light

A beacon that shows the way ahead .

 

If he only knew

Love is not a debt

But a bond

A gentle fabric that ties two into one .

 

Its waves come and go

Like the ebb and flow of the tides

Its seasons slowly mutate

Right before our eyes .

 

Love is summer

Love is fall

Love is winter

And then comes Spring again

 

If we

Only knew

How to love .

No Comments

Post A Comment